Casamento Infantil no Brasil

capa

   Quando pensamos em casamento na infância nos vem sempre em mente os países orientais como os do oriente médio e a índia ou então povos africanos criticamos esses países e fechamos nossos olhas para o nosso próprio território onde os casos são igualmente alarmante, afinal se nos países do oriente as crianças, em sua grande maioria meninas, se casam obrigadas por questões geralmente culturais e tradicionais, o fato das meninas brasileiras escolherem se casar simplesmente por falta de opções, pela pobreza e por abusos,  mostra o grave problema que temos aqui. O Brasil em 2013 estava entre os países com maior numero de casamentos.

download

   A ONG pro mundo, analisa o fenômeno do casamento infantil no mundo, além de outras questões relacionadas à igualdade de direitos entre os sexos, no Brasil esses casamentos geralmente são informais já que pela lei é proibido o casamento de menores de 16 e menores de 18 só podem casar com consentimento expresso de ambos os pais, segundo dados de uma pesquisa realizada pela ONG o Brasil:

“ se destaca pelo alto contraste entre o ranking elevado do país em números absolutos e a falta de pesquisas sobre o assunto. De acordo coma uma estimativa, o Brasil ocupa o quarto lugar no mundo em números absolutos de mulheres casadas até a idade de 15 anos, com 877 mil mulheres com idades entre 20 e 24 anos que se casaram até os 15 anos (11%). O Brasil é também o quarto país em números absolutos de meninas casadas com idade inferior a 18: cerca de 3 milhões de mulheres com idades entre 20 e 24 anos casaram antes de 18 anos (36% do total de mulheres casadas nessa mesma faixa etária).”

   O que leva essas meninas a se casarem é geralmente gravideze, busca por estabilidade financeira, busca por liberdade em relação aos países às vezes relacionada a abusos em casa ou controle excessivo sobre a movimentação delas por parte dos pais e como uma alternativa aos estudos devido a falta de perspectivas. Mas o que elas muitas vezes ganham com o casamento além de possíveis traumas físicos e psicológicos e uma grande defasagem educacional, em caso de gravidez problemas de saúde para elas e para os bebes, falta ainda maior de liberdade, abusos físicos e psicológicos e diminuição das oportunidades do mercado de trabalho.

   O casamento infantil no Brasil também é muito marcado no Brasil pela forte repressão da sexualidade feminina, no qual a sociedade vê como algo muito melhor a garota se casar extremamente jovem do namorar e ter parceiros sexuais não fixos. A media de idade com a as meninas casam é com 15 anos de idade e a media de idade de seus maridos e de nove anos a mais.

2015-827941240-2015-827216365-2015062239797.jpg_20150622.jpg_20150625

   Apesar desse problema gravíssimo, não vemos mobilização das forças publicas para a solução do problema, é como se o governo simplesmente ignorasse a existência desse problema, a pesquisa realizada pela foi uma das primeiras do país acerca do assunto, mostrando a falta de iniciativa na área.

Fontes/Para Saber Mais

ONG Pro Mundo. Acesso em:

<http://promundoglobal.org/;

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s